Operação Resgate!

6 Set

O verão já esta a dar os seus últimos passos por este ano, mas não se preocupe que para o próximo há mais, entretanto estamos cá nós para o compensar. Hoje vamos aprender a resgatar o nosso computador antes que seja tarde de mais…

A internet é simplesmente o “poder”, a qual todos podemos facilmente ter acesso, tudo depende de como a manuseamos e para que fins o fazemos. Como estou sempre a dizer a melhor maneira de protegermo-nos online é sendo um utilizador informado.

A verdade é que existem vírus chatos, mesmo muito chatos, aqueles que mesmo tentando tudo e mais alguma coisa continuam no computador, até parece uma doença crónica.

Neste fantástico mundo que é a informática existem muitos tipos de programas, os vírus são apenas uma delas. Por definição um vírus informático é uma instrução ou uma série de instruções parasitas introduzidas num programa e susceptíveis de provocar diversas perturbações no funcionamento do computador.

Os autores deste tipo de software por norma desejam obter algum tipo de informação ou pelo menos têm o intuito de testar alguma coisa. O que acontece é que as empresas de antivírus têm métodos agressivos contra este tipo de ficheiro, sendo assim a tarefa torna-se muito mais difícil para o atacante.

Nos dias de hoje quase todos antivírus já possuem o chamado modo Heurístico. Este tipo de detecção não analisa o programa nem o seu código, mas sim as suas acções. As empresas de antivírus pedem aos seus técnicos para analisar minuciosamente os sistemas operativos aos quais se comprometem a fornecer suporte, esta deve ser, se é que já não é à parte fulcral de um software deste tipo.

É como um segredo, só podemos o preservar se tivermos a noção que se trata de um.

Basicamente o modo Heurístico analisa as acções desencadeadas pelos programas. Se um determinado programa “A”, não original ao seu sistema, desencadeia acções de sistema, já reconsiderado pelo modo Heurístico. Após o modo Heurístico por o programa “A na mira” verifica nas suas bases de dados as informações sobre o tipo de alterações realizadas, fazendo com que se o ficheiro queira fazer uma alteração fora da sua natureza não o consiga fazer.

Esta é a razão de antivírus diferentes detectarem novos vírus sem que estes tenham sido descobertos por alguém e introduzidos nas actualizações do mesmo.

Acontece que quem desenvolve vírus e software do género também conhece os sistemas e como funcionam os modos de detecção, o que traz sem dúvida uma tarefa complicada para o seu sistema de protecção (antivírus). A técnica que é mais usada por estes criadores é o da infiltração, fazendo com que o ficheiro malicioso faça parte do seu sistema, quando isso acontece o antivírus dificilmente suspeitará das acções desencadeadas pelo ficheiro, tornando a sua detecção quase impossível.

Os vírus podem ser mesmo chatos, mas devido aos técnicos que trabalham em volta do assunto é possível detectar muitos destes mesmos vírus infiltrados, o que acontece é quando estes programas maliciosos substituem ficheiros originais do sistema operativo, o próprio sistema proíbe o antivírus de o remover, pois poderá ocorrer um erro fatal no sistema.

Aqui começam as dores de cabeça, pois sabemos que temos um vírus, mas ele simplesmente não desgruda.

Como solução os técnicos surgem com soluções parcialmente offline, quer da internet quer do seu próprio sistema.

Como já foi dito acima, quando um ficheiro malicioso ocupa a função de um ficheiro importante para o sistema operativo este não permite a sua eliminação, os técnicos disseram.

Vamos criar um novo sistema para que o computador não esteja a usar os ficheiros importantes infectados durante a eliminação, deste modo será possível elimina-los.

Sem mais demoras o uso do famoso Linux surgiu.

Hoje apresentamos-lhe BitDefender Rescue CD 14.07.2010, como podem ver o CD não é propriamente o mais recente, contudo serve perfeitamente desde que actualizado. Este CD não nada mais nada menos que o sistema Linux com o antivírus BitDefender incorporado.

A sua função é iniciar o computador com o Linux, e usar antivírus BitDefender para remover os vírus do seu Windows. Engenhoso não é?

A vantagem é que como os ficheiros usados durante o processo não são os do Windows, mas sim do Linux, removendo assim as proibições por falha de sistema.

Notas a ter em Atenção!

Deverá possuir uma cópia ou original do seu sistema operativo porque no final da remoção do vírus poderão faltar ficheiros de sistema, caso os vírus tivessem se hospedado no lugar dos originais. No caso de falta bastará por reparar o sistema com a sua cópia do SO (sistema operativo) e voilá, pronto para outra.

Deixamos-lhe aqui uma imagem para que grave a sua cópia deste CD de resgate.

Licença: Gratuito

Sistemas operativos – Sem limitações, possui o seu próprio sistema

Download: BitDefender Rescue CD 14.7.2010 [319, 00 MB]

3 Respostas to “Operação Resgate!”

  1. Ana Setembro 6, 2010 às 4:44 pm #

    Os virus constituem, realmente, uma grande “dor de cabeça”, para além de colocarem em perigo dados pessoais, informações priveligiadas e não só..acabam por colocar em perigo,também, a “integridade fisica” do computador (quando nao detectado a tempo)…
    O que mais assusta é que estes virus sejam cada vez mais dificeis de detectar…A esperança?!é que haja alguem, que possua a ousadia de “ir” um pouco mais além e consiga novos meios de os detectar…
    Entertanto..um dos melhores meios será mesmo a prevençao… Obrigada por mais um bom artigo informativo e didáctico!

  2. dardevelin-blogtastico Setembro 7, 2010 às 1:01 am #

    @Ana, obrigado por partilhar connosco a sua opinião. Nós tentamos dar sempre as melhores soluções. Este programa sem duvida ajuda a detecção, visto que o vírus deixa de estar activo, pois não afecta maquinas baseadas em linux.

    Existe algum tema que gostaria de ver aqui a ser exposto? Se sim esteja a vontade, estamos sempre abertos a sugestões.

  3. Ana Setembro 7, 2010 às 10:38 am #

    Penso que, o que, hoje em dia,mais preocupa os utilizadores (na minha opinião) será mesmo o factor segurança…quer estejamos on line ou nao, assusta, termos a percepçao de que os nossos dados poderão estar ao dispor de alguém menos bem intencionado….
    Os vossos artigos têm sido extremamente pertinentes e ilucidativos…
    Obrigada pela ajuda! Continuaçao de um bom trabalho!

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: