SEGUINDO O RASTO DE UMA OBRA-PRIMA!

11 Ago

Cá esta um tema que a muito pretendia abordar, e que creio ser chegado o momento certo! Como tal decidi não escolher uma obra, de entre aquelas que se apresentariam como mais óbvias, mas antes trazer uma das que por um longo período, encontram-se votadas para segundo plano. E no caso em questão, são tidas como uma variante menor, de uma grande criação!

Até ao dia em que, tal qual nos deparássemos na presença de uma canção folk, “que se distingue por pisar terrenos, trilhados pelo meio fabula, meio poema, meio conversa que teríamos com alguém noite a dentro”. Emerge e revela-se diante dos nossos olhos…

E que revelação se torna este filme para o seu espectador, quando este o atinge com toda a sua força e beleza! Envolvendo-o por completo em todo sua “linguagem visual”, que se debruça sobre a batalha entre a velha guarda, e a nova! Entre afirmar a manutenção duma reputação construída, ou a ânsia em criar uma reputação! Aprender com os erros, ou comete-los de novo! Lutar por 1 sonho, ou sucumbir ao mesmo.
Sendo que para os casos em que, a premissa não se venha demonstrar suficientemente convincente! Adicionemos a mesma, os seguintes nomes: Al Pacino, Sean Penn, Viggo Mortesen(Sr. dos Anéis), Penelope Ann Miller, John Leguizamo, Luis Guzman e Brian De Palma! E talvez assim, já se demonstrem mais convencidos, e maioria possa até já ter decifrado qual a obra à que nos referimos.

PERSEGUIDO PELO PASSADO/CARLITO’S WAY

Este clássico moderno (1993), tem sido desde a sua estreia visto muitas vezes como o “irmão mais novo de Scarface (1983)”. Que voltava assim a juntar uma década depois, Al Pacino ao realizador Brian De Palma. Numa obra, interpretada por muitos na altura, como sendo a tal variante menor de uma criação maior! Hora nada mais erróneo e redutor na nossa opinião, como tentaremos deixar aqui demonstrado.

Desde logo um separar de águas, e o desmitificar da ideia dos muitos pontos em comum, entre os dois filmes. Pois a par dos já citados realizador e protagonista, resumem-se ao facto de ambos centrarem-se sob a vivência de gangsters, ambos de origens latino americanas.“Scarface- Tony Montana” é um Cubano deportado para Miami, ao passo que nas obras de Edwin Torres (Carlito´s Way e After Hours, que estiveram na origem do guião, de Perseguido Pelo Passado) Carlito’s é um Porto-Riquenho que cresceu em NY. Sendo que o teor diferencial dos seus conteúdos e objectivos cinematográficos, não poderiam estar melhor evidenciadas! Do que pelas motivações das personagens principais. “Tony Montana” é um criminoso a caminho do topo, e “Carlito’s” é um criminoso, a procura do seu “way out”!

Feito este necessário enquadramento, ressalvar que não estamos aqui a comparar estes dois fabulosos filmes, mas simplesmente a traçar a linha que nos permite dizer que Perseguido Pelo passado é um grande filme, por mérito próprio. E que já devia ser olhado como tal, a mais tempo!

Felizmente que nos últimos anos, e junto de um número cada vez maior, tem granjeando inúmeras opiniões consensuais entre o público e crítica, que parecem determinadas em coloca-lo no seu devido lugar, junto das obras-primas do seu género. Não sendo pois, de admirar que no conhecido barómetro do IMDb, esteja apenas a três pontos percentuais do Scarface. Algo que aquando da sua estreia seria pouco provável de se vir registar! (E em outros sites congéneres, comece até por suplantar-se, aquele que outrora pairava como sua sombra, superior). Para qual tem contribuído com certeza em muito, o facto do público de uma maneira geral e mais facilmente, identificar-se com a personagem de Carlito´s. “E a sua luta, de certa forma”! Já que quantos de nós pelo menos por uma vez, não nos vimos deparados perante a difícil realidade, da quão hercúlea poderá tornar-se a nossa tarefa, em libertarmo-nos de algo.

Ultimas razões para ver, ou rever este magnífico filme:

Al pacino, que dispensa por si só mais alguma palavra. É sobretudo altamente prezado por quatro papéis de entre os muitos fantásticos que já nos ofereceu: Michael (em O Padrinho2), Frank Serpico (Serpico), Sonny Wortzik (Um Dia de Cão) e Tony Montana (Scarface). Eu diria que Carlito´s/Charllie Brigante, é a quinta ponta da sua estrela.

Brian De Palma, e toda a sua fabulosa estética visual, que nos permitem desfrutar de sublimes imagens e momentos de cinema. (Diria que Perseguido Pelo Passado faz parte do seu trevo de quatro folhas, ao lado de Carrie, Scarface e Os Intocáveis).

Como quase sempre em todos grandes filmes, a existência de excelentes personagens secundárias. Éassim que encontramos Sean Penn, no papel do advogado sem escrúpulos, “David Kleinfeld”(que lhe valeu a sua primeira grande distinção, ao ser nomeado para o globo de ouro para melhor actor secundário). Viggo Mortesen, no inesquecível papel do invalido “Lalin” (muito antes de sonhar virar ícone, de uma das maiores sagas do cinema. O Sr. Dos Anéis). Penelope Ann Miller, como “Gail”, o grande amor de Carlito´s (naquele que é o seu papel mais marcante no cinema, até a data. E que lhe valeu também uma nomeação para os globos de ouro, na categoria de melhor actriz secundária). John Leguizamo, “Benny Blanco” o homem que quer superar o seu ídolo (num dos diversos bons desempenhos, do actor de origem colombiana). E claro Luís Guzman, interpretando brilhantemente o infame “Pachanga” (algo que é já se tornou num habito para este porto-riquenho, que na minha opinião, é dos melhores actores secundários na actualidade, em Hollywood).

Na certeza que este é um daqueles filmes que nos “persegue por muito tempo”, ficando alojado na nossa memoria, muito para alem de o termos visionado. Aguardo o vosso comentário ao filme, e caso tenham filmes que também os achem subvalorizados, não se esqueçam de os indicar.

Curiosidades:

– O clímax final decorrido na estação de comboios, era inicialmente para ter sido filmado no World Trade Center! Mas teve de ser substituído como local para a cena, devido ao ataque terrorista, ocorrido a 26 de Fevereiro de 1993.
– Para os fãs de videojogos que tenham jogado o Gta ViceCity, e que estejam recordados do “advogado do Tommy Vercetti” (personagem principal), poderão aperceber-se das semelhanças desta personagem, com a de Sean Penn no filme.

Trailer do Filme Perseguido Pelo Passado.
http://www.youtube.com/v/FbXrkKmCTok&hl=pt_PT&fs=1?color1=0x234900&color2=0x4e9e00

Uma resposta to “SEGUINDO O RASTO DE UMA OBRA-PRIMA!”

  1. David Ribeiro Agosto 11, 2010 às 7:06 am #

    um excelente filme , projectado para as telas com uma simplicidade real e verosimel . Reconheço que não é dos meus preferidos mas faço o famoso Hat Trick para esta obra……

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: