A estreia do ano!

21 Jul

Julgo que pelo menos se assim não o for, será com certeza a estreia deste verão. E não tenho duvidas que até a data, é a grande estreia cinematográfica do ano. Tal tem sido o interesse que o mesmo tem gerado junto da crítica, e não só, sendo ainda de assinalar o elevado grau de aceitação quase unânime, produzido junto da mesma. Antes mesmo de se ter, sequer estreado!

Aquele que pode ser o primeiro grande Filme do ano de 2010, cometeu para já a sua primeira grande proeza, ao colocar a crítica quase em uníssono. Quase porque há pelo menos alguma crítica que o acusa de ser possuidor de uma complexidade “embrionária codificada” (de possuir um enredo demasiado transversal na sua experimentação, tornando assim possível retirar inúmeras leituras. Fazendo com que o filme se torne, quase inatacável sob os mais variados pontos de interesse da sua intriga. Falhando assim uma ligação mais primaria com o espectador, incidindo sobretudo no subjectivismo da análise…) Mais críticas aparte, passemos ao filme propriamente dito:

A origem/The inception

Com estreia marcada para esta quinta-feira 22 de Julho, descrito como um thriller épico de ficção científica, conta com dois dos nomes mais sonantes do cinema na actualidade. Christopher Nolan e Leonardo Dicaprio, num elenco em que ainda se incluem: Marion Cotillard(La vie en rose), Cillian Murphy (28 Dias Depois), Ellen Page (Juno), Ken Watanabe (Ultimo samurai/Cartas de Iwojima), e aquele que pode já ser considerado o actor fetiche do realizador Michael Caine (é já a quarta participação do actor, em sete filmes, dos até a data dirigidos por C.Nolan).

No que me diz respeito, o trailer aponta para caminhos de alguma forma similares aos vistos num Matrix ou Bladerunner, mas é sobretudo os “laivos a lá Vanila Sky”. Que me deixam bastante intrigado, e expectante quanto a sua capacidade de nos surpreender, na articulação do lado dramático com o Sci-fi (e sejamos realistas, é cada vez mais difícil vermos um filme original na sua formula, como este promete vir a ser! Numa altura em que somos inundados, por remakes, sequelas, adaptações, sem esquecer as histórias já batidíssimas que se restauram a cada ano. E nem mesmo a propalada complexidade do enredo, nos deve desencorajar, uma vez que ai estaremos a dar razão aqueles que nos estúdios subestimam as audiências. Julgando-as incapazes de assimilar algo que exija um pouco mais delas, e que nos inundam com enredos de “2 + 2”. Olhemos pois para o Matrix, que nos previews era descrito como algo denso para filme de acção/ficção, e depois foi o que se viu…).

(Nolan +Dicaprio)

Se ainda não esta convencido das virtudes do filme que escolhemos para nossa primeira vez, na cobertura que prometemos dar as estreias. Eis aqui mais duas, de peso:

Christopher NolanChristopher Nolan: faz parte de uma nova vaga de realizadores que se tem destacado na ultima década, formando porventura com  Darren Aronovski (Requiem for a Dream;The Wrestler) e Paul Thomas Anderson (Magnolia;Haverá Sangue), o trio que apresenta a obra mais promissora, original e consistente desta nova geração em Hollywood. O realizador de origem britânica nascido em 1970, que captou as atenções do mundo do cinema com o misterioso “Memento de 2000”, e que ficou a um passo de entrar para o panteão dos grandes realizadores de Hollywood (que conseguem aliar receitas astronómicas de bilheteira, a filmes de grande qualidade cinematográfica), com o seu consagrado “Cavaleiro das Trevas de 2008“.  Destaca-se ainda o seu trabalho como argumentista, ou co-argumentista, em todos os seus filmes (tendo co-escrito com o seu irmão Jonatham nolan, os 2 filmes acima referidos, parceria que se repete em “A Origem”).


Leonardo DicaprioLeonardo Dicaprio: É sem dúvida o actor mais mediático da actualidade, e por sinal o mais desejado por todos os realizadores para dar credibilidade aos seus projectos! A caminho de se tornar o melhor actor da sua geração, é hoje encarado como alguém que dissipou todas as dúvidas, de todos aqueles que o julgavam apenas talhado para papeis de galã. Depois de Romeu+Julieta e sobretudo de Titanic, teve uma fase indeterminada, quer nos papeis escolhidos, como nos filmes! Mas a partir de 2002, com os filmes “Apanha-me se puderes” e “Os Gangs De Nova Iorque”, e sobretudo da sua performance em “O Aviador2004” (que lhe valeu a sua primeira nomeação para o Óscar de melhor actor), tornando-se desde então o novo actor “fetiche de Scorsese”. Não abrandando mais o ritmo, tendo vindo a participar em grandes filmes (trabalhado com nomes como, Spielberg, Ridley Scott, Sam Mendes, Scosese) protagonizando outros tantos desempenhos do mais alto nível, de onde se destacam O Diamante De Sangue e The Departed de 2006, e o Shutter Island já em 2010.

* Também fiz parte daqueles que julgaram que o Dicaprio não passaria de mais uma cara bonita com algum talento. E mesmo tendo notado que na praia, principalmente na segunda parte do filme, havia ali algo de actor a sério. Não chegou para me convencer, nem mesmo no seu muito elogiado papel em Apanha-me se Puderes convenceu-me! Pois voltei a achar que era um papel a sua medida de galã. Mas já no Aviador tive que me render as evidências, e dar a mão a palmatória e reconhecer todo o seu talento, que os filmes seguintes só vieram confirmar. *

Notas finais

– A titulo de curiosidade, dizer que o filme estriou no passado fim-de-semana nos Estados Unidos, entrando directamente para o primeiro lugar do “Box Office”. E por ventura o maior elogio que lhe foi atribuído, foi de que poderemos estar na presença, de uma masterpiece disfarçado de blockbuster.

-Prometo arranjar um espaço no nosso artigo onde deixarei a minha opinião, após ter visto o filme.

http://www.youtube.com/v/m9TAv-04qSs&hl=pt_PT&fs=1?color1=0x234900&color2=0x4e9e00

6 Respostas to “A estreia do ano!”

  1. pedro oliveira Julho 21, 2010 às 6:41 am #

    Este filme vai bombar nas salas de cinema!

  2. dardevelin-blogtastico Julho 21, 2010 às 9:26 pm #

    Agora fiquei curioso, acho que até o vou ver ao cinema😉

  3. Elton Nunes Julho 22, 2010 às 1:22 am #

    Este senhor ( Daniel Baptista) é de facto um conhecido nato na matéria de cinema e não só, mas pra já vou-me cingir só aos filmes porque é o que se trata aqui :p

    Grande prognóstico sobre o filme, mas menos não era de se esperar deste senhor que tanto conhece sobre filmes e posso eu dizer, por conhecimento próprio , que este homem está na sua praia.

    O filme ja me deu algum interesse de o ver so devido ao trailer mas nestes dias que nos encontramos fico sempre com um pé atrás devido ás “borradas” que eu ja vi no cinema aquando do trailer aparentava ser um grande filme.Já não caio mais nesse erro mas confio piamente na palavra do Daniel e acredito de grande modo que este possa ser futuramente talvez um filme de colecionador.

    Para terminar gostaria de dar uma tip , ou algo que eu gostava de ver, ou seja, ser aqui falado do novo filme que tambem tenho a vaga ideia que irá estrear dia 22 de Julho, o Contraluz, porque apesar dos pesares sou Português e á já muito que anseio ver uma obra do país com actores estrangeiros á mistura e a cereja no topo do bolo…acho que o filme foi realizado em Hollywood.Espero grandes coisas deste filme.

    Muito bom o blog, arrisco-me a dizer o melhor até.

    Keep up the good work.

  4. daniel baptista-blogtastico Julho 28, 2010 às 12:33 am #

    @Elton Nunes

    Gostaria de dizer que tomamos nota da sua sugestão. Procuraremos no futuro reservar um espaço para as estreias do cinema português, sempre que assim se justifique. Quanto ao filme em particular assim que tenha uma ideia formada darei a minha opinião.
    Um agradecimento a todos comentadores pela sua participação.

  5. daniel baptista-blogtastico Julho 28, 2010 às 12:35 am #

    Prometido é devido

    Quando falei da Origem na semana passada, referi que christopher Nolan estava a um passo do panteão! Pois é com muito prazer que actualizo o seu estado (lol), para pertencente ao panteão de Hollywood.

    Se Memento foi a sua primeira sinfonia (e que sinfonia…), O Cavaleiro das trevas o seu concerto de rock sinfónico, já esta origem, é a sua opera! Depois do meu desvario musical, dizer que estamos na presença de um filme que não sou ira marcar o ano, mais daqueles que fica nos melhores da década. Não revelarei nada da intriga, até porque entendo ser despropositado contar partes do filme, por forma a despertar o interesse do público. Deixo portanto a descoberta daqueles que ainda não viram, até porque se quisesse ser “spoiler”, não o conseguiria. Já que o filme revela-se a prova disso, como aqueles que já o viram poderão confirmar (se vos contarem o final, será necessário perceberem como se chega até lá! E se vos explicarem como se chega lá, pode não ser o suficiente para perceberem o fina!)
    Termino, atribuindo a este filme o estatuto de superlativo! (Um amigo meu, costumava dizer que os filmes bons, eram aqueles que nos davam vontade de ver outro filme logo de seguida. Mas que de quando em vez, lá aparecia um superlativo! Daqueles que de tão bons, nos retiravam a vontade de ver outro filme. Porque queríamos preservar aquelas imagens, e termos a perfeita noção que nas próximas idas ao cinema, não haverá nada de igual, tão cedo…

    PS: Hans Zimmer voltou a fazer das suas ( Enorme Banda Sonora )

Trackbacks/Pingbacks

  1. Os Filmes mais escaldantes de sempre! | Blogtástico - Julho 28, 2010

    […] PS: Como prometido deixei o meu comentário sobre o filme “A Origem” a pós ter assistido a estreia. A todos interessados deixo aqui um link directo ao comentário – Clique aqui […]

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s

%d bloggers like this: